O Arquiteto urbanista, diretor da Myr Projetos Sustentáveis e especialista em meio ambiente e urbanismo, Sergio Myssior, aponta que as 100 maiores cidades tratam de apenas 41% de seu esgoto (38% da média nacional). Ele ainda destaca que cada R$1,00 investido em saneamento gera economia de R$4,00 na área de saúde, além de que o acesso à rede de esgoto aumenta a produtividade do trabalhador em 13,3%.

EIXO TEMÁTICO: URBANISMO SUSTENTÁVEL NAS CIDADES
PAINEL:
AS CIDADES REPRESENTAM PÓLOS DE ATRAÇÃO PARA O HOMEM E GERAM IDEIAS, PRODUTOS E CONCEITOS, QUE SÃO CONSUMIDOS POR HABITANTES URBANOS, EM UM RITMO QUE SE ACENTUA PROGRESSIVAMENTE. COMO EQUACIONAR ESTA RELAÇÃO DELICADA ENTRE AS CIDADES E O MEIO AMBIENTE
ORGANZAÇÃO: MYR
TAG: URBANISMO

CONFIRA A APRESENTAÇÃO COMPLETA AQUI